STF

STF julga pedido de prisão preventiva de Aécio Neves

STF julga pedido de prisão preventiva de Aécio Neves

A 1ª turma do STF deve julgar nesta terça-feira, 20, o pedido de prisão preventiva do senador Aécio Neves. O primeiro pedido foi negado pelo ministro Fachin, que determinou o cumprimento de medidas cautelares: o afastamento do mandato, o impedimento de conversar com outros investigados e a proibição do senador de deixar o país.

Na última semana, o procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, utilizou postagem do senador afastado no Facebook para reforçar argumentos do pedido de prisão. Para o PGR, a despeito da suspensão do exercício das funções parlamentares, decretada judicialmente, Aécio continuou exercendo suas funções, “conforme reunião divulgada por ele mesmo em redes sociais no dia 30/5/17.”

No dia 30 de maio, o presidente licenciado do PSDB publicou foto de reunião com os senadores Tasso Jereissati, Antonio Anastasia, Cássio Cunha Lima e José Serra e escreveu a legenda: “Na pauta, votações no Congresso e a agenda política”.

Fonte: Migalhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *